Blog Profuse

Somente aplicar o filtro solar não garante uma pele totalmente protegida, é preciso ir além nos cuidados diários. Fatores como estresse e a poluição têm causado danos na pele em longo prazo, e é necessário cuidar para que isso não afete a aparência da sua pele. Para esses casos, além dos filtros solares que protegem dos efeitos danosos dos raios UVA e UVB, os antioxidantes podem ser excelentes aliados prevenir o envelhecimento. Quer conferir quais? Conversamos com os dermatologistas Calu Franco e Alexandre Fabris, que compartilharam várias dicas. Confira:

ENVELHECIMENTO DA PELE TEM A VER COM POLUIÇÃO? SIM!

O envelhecimento da pele está relacionado a diferentes fatores, sendo que o sol, particularmente a radiação UVA, tem especial relevância neste processo. Outros fatores que aceleram o envelhecimento são estresse emocional, alimentação inadequada, alterações do sono e o cigarro. “Recentemente, pesquisas têm demonstrado que a poluição ambiental é mais um fator para colocar na lista: o mecanismo pelo qual os agentes poluentes desencadeiam o processo de envelhecimento ainda não está totalmente esclarecido, porém sabe-se que eles determinam um conjunto de alterações manifestadas através do envelhecimento cutâneo”, explica o dermatologista Alexandre Fabris. Um dos tratamentos para este tipo de envelhecimento inclui o uso de dermocosméticos com ação antioxidante, reduzindo os efeitos da poluição sobre a pele.

CUIDADOS QUE VÃO MUITO ALÉM DO SOL

Manchas e queimaduras são dois assuntos recorrentes quando falamos da incidência dos raios solares, mas outro ponto importante é que eles também são grandes responsáveis pelo aceleramento do envelhecimento da pele. “A radiação UV estimula a produção de radicais livres, que, em resumo, são moléculas derivadas deste processo oxidativo induzido pelo sol”, explica a dermatologista Calu Franco, especialista pela Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Naturalmente, o organismo já possui mecanismos de proteção para neutralizar os radicais livres, porém, o problema se agrava quando outros fatores intensificam a produção desses radicais, e o organismo não consegue combatê-los sozinho. “Nos principais congressos de dermatologia, no Brasil e fora, cada vez se fala mais sobre os efeitos dos agentes poluentes na pele, uma vez que podem acelerar o envelhecimento e o surgimento de manchas pela ação dos radicais livres e pelo dano ao DNA celular”, explica Calu.

A dermatologista reforça ainda que fórmulas orais e tópicas com ativos antioxidantes, além dos protetores solares, têm sido a preferência dos dermatologistas para combater a oxidação da pele.

O PODER DA VITAMINA C

A vitamina C é um dos antioxidantes mais conhecidos e prescritos pelos dermatologistas em fórmulas anti-idade e, por combater os radicais livres, acabam sendo uma estratégia de prevenção do envelhecimento da pele, retardando o surgimento de rugas.

#Dica: Essencele Filler C tem potente ação antioxidante para combater o processo oxidativo, prevenindo o surgimento de rugas e melhorando a luminosidade da pele. Que tal experimentar? Se você já usa, conta pra gente nos comentários o que você acha do produto!

Comments

Receba novidades profuse por e-mail