fbpx

Blog Profuse

CUIDADOS COM A PELE NO VERÃO

Postado em 23/01/2019

Fotoproteção

As altas temperaturas estão chegando e, com elas, o calor e o sol cada vez mais forte. A exposição solar é uma realidade diária e sempre surge aquela preocupação com a pele antes de desfilar o bronzeado por aí.

Por isso, para passar a temporada tranquila e com a pele linda e saudável, perguntamos para nossos seguidores suas principais dúvidas quando o assunto é “cuidados com a pele no verão”.

Se você decidiu que essa será uma das prioridades de 2019, esse post é para você! Confira e cuide-se!

“Qual protetor solar facial para usar na praia?”

A escolha do protetor solar depende do tipo de pele. Temos opções para controlar a oleosidade, antienvelhecimento, cobertura com e sem cor, entre outras opções. O ideal é procurar seu dermatologista e definir qual produto se encaixa melhor para seu tipo de pele.

De quanto tempo é necessário reaplicar o protetor na praia?
É recomendado a reaplicação a cada 2h.

“Preciso usar protetor em fins de tarde?”

Depende. Em pacientes portadores de melasma, o recomendado é proteger a pele até nos níveis mais baixos de radiação, já que esses níveis já são suficientes para induzir a pigmentação.

É importante saber que a radiação emitida por telas de computador, notebook e smartphones também induzem a pigmentação e danos à pele, por isso é recomendável a proteção quando for trabalhar ou ficar muito tempo à frente das telas.

“Verdade que tem que usar protetor solar dentro de casa?”  

Sim! É necessário proteger a pele contra a luz visível, que está no nosso dia a dia em lâmpadas florescentes, telas dos celulares, dos computadores, dos tablets, das televisões. Se vocês não cuidar, a longo prazo ela pode causar manchas na pele.  Alguns protetores, como Ensolei, protegem de tal radiação com sua eficácia comprovada.

banners_blog_Pele-Verão-2_v2

“Qual a melhor forma de proteger pele com melasma?”

Melasma é uma condição crônica da pele e, portanto, necessita de uma rotina de cuidados contínuos.  O principal fator desencadeante do melasma é a exposição solar. Além da radiação ultravioleta, a luz visível também induz danos à pele. Nos preocupamos especialmente com a luz azul, que é a onda mais energética dentro do espectro de luz visível, e, consequentemente, a mais danosa. A pele com melasma precisa ser protegida com filtros solares com alto fator de proteção UVB e UVA, além de luz visível. A proteção contra a luz visível é dada principalmente por pigmentos presentes no filtro. Além da proteção com filtros, é importante fazer uso de um antioxidante, como a luteína por exemplo, que funciona como um protetor solar oral, diminuindo os danos causados pela radiação na pele, além de funcionar como um filtro natural contra a luz azul.

“Vitamina C pode usar no sol?”

A vitamina C tem um baixo potencial fotossensibilizante, ou seja, não costuma reagir com a luz solar, portanto podemos recomendar sim o seu uso diurno. Geralmente, indicamos que ela seja aplicada antes do filtro solar de escolha.

“É possível continuar usando ácido hialurônico no verão?”

Sim! Apesar de ter em sua nomenclatura conter a palavra ácido, não há nenhum problema em usar no verão. Inclusive ele é um ótimo aliado contra o envelhecimento da pele. Converse com seu dermatologista e conheça Essencele C e Essencele C Olhos e descubra a ação antioxidante da vitamina C e o poder do Ácido Hialurônico associado ao silício orgânico. 

“Posso usar o Clair Concentré durante as férias do verão?”

Sim! Mas nunca esqueça de combiná-lo com o protetor solar da sua preferência.

banners_blog_Pele-Verão-3_v2

E aí, tiramos as suas dúvidas? Caso ainda tenha alguma pergunta sobre o assunto, deixe seu comentário aqui embaixo.

Comments

Receba novidades profuse por e-mail